5º Jogo - Quarta-Feira: Santos x Ponte Preta - 19h30m

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

5º Jogo - Quarta-Feira: Santos x Ponte Preta - 19h30m

Mensagem por Victor em Sab Jan 23, 2010 6:09 pm

O Santos começou em cima da Ponte Preta. Impondo um ritmo muito forte, buscou marcar um gol-relâmpago, assim como aconteceu na estreia contra o Rio Branco - Paulo Henrique Ganso marcou logo aos dois minutos de bola rolando. No entanto, o técnico da Macaca, Sérgio Guedes, agiu rápido. Aos 16, o atacante Danilo Neco se machucou. Em vez de colocar outro jogador de frente, Guedes optou pelo volante Tinga, que tem habilidade para armar jogadas, mas foi importante no reforço à marcação.

O Peixe teve duas chances mais claras de gol. Uma logo aos três minutos, quando Neymar invadiu a área e chutou rasteiro. Vicente afastou. Na sobra, Ganso rolou para George Lucas, que emendou de primeira, mas errou o alvo. Com a alteração na Ponte, a equipe alvinegra passou a ter muitas dificuldades para entrar na área adversária. Só voltou a ameaçar mais efetivamente aos 43, quando Pará fez jogada individual pela esquerda e chutou de direita, obrigando o goleiro Eduardo Martini a espalmar.

Houve um domínio do Santos no meio de campo, mas sem que a Ponte fosse ameaçada. A Macaca, por sua vez, não tinha forças para atacar. Passou boa parte do primeiro tempo em seu campo, segurando o Peixe. Tanto que o atacante Finazzi sequer encostou na bola. O time de Campinas só chegou em chutes de longe. Como aos 33, com Vicente, que mandou uma bomba da intermediária. Felipe encaixou.

Santos sai na frente, mas Ponte empata e segura o resultado

Assim como aconteceu na etapa inicial, o Santos iniciou o segundo tempo a todo o vapor. Desta vez, porém, conseguiu acertar o alvo. Logo aos três minutos, Pará apareceu pela esquerda e mandou o chute. O goleiro espalmou, e a bola sobrou para André empurrar de cabeça para as redes.

Apesar da vantagem construída no início, o Peixe não conseguiu manter o ritmo. Isso porque a Ponte Preta voltou a marcar bem, matando as jogadas adversárias no meio de campo e buscando os contra-ataques. Aos 20 minutos, a partida estava absolutamente equilibrada. Aos 25, veio o gol de empate. Edílson cobrou falta da intermediária. Jean subiu com Bruno Aguiar e conseguiu desviar usando as costas, enganando Felipe.

O técnico Dorival Júnior resolveu colocar Giovanni e Madson em campo, e o Peixe foi então para o abafa. O time passou a criar várias chances. A principal delas aos 44 minutos, quando Neymar recebeu de Paulo Henrique pelo meio, driblou seu marcador, avançou e, na entrada da área, deu um toque para acertar o canto direito. A bola saiu por pouco. No último lance, já aos 49, Giovanni teve a oportunidade de brilhar na sua volta à Vila Belmiro, mas não aproveitou bem uma falta frontal à meta da Ponte.
avatar
Victor
TModerador
TModerador

Mensagens : 27
Data de inscrição : 23/01/2010
Idade : 29
Localização : Internet

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum